Arquivo da categoria: Poemas de Carmélia Cândida

Antônia Luzia

Esta galeria contém 1 foto.

Era Antônia Luzia Lavava, passava Cozinhava, limpava Acordava antes de todos Para preparar o café O dia todo Corria pra lá e pra cá Os filhos estudavam Não podiam “ajudar” O marido era daqueles “Serviço de casa, Coisa de mulher” … Continuar lendo

Galeria | Marcado com , | Deixe um comentário

Assombro – Carmélia Cândida

Ando assustada Com o mundo Desassossegados Vivemos Interligados Mas distantes Quase ilhados Faltam gentilezas Presença Atenção “Tempo” O grande vilão Fugimos De quem A rapidez do giro Às vezes Nos cambaleia O que é real E o que é virtual … Continuar lendo

Publicado em Pessoal, Poemas, Poemas de Carmélia Cândida, Textos de Carmélia Cândida | Deixe um comentário

Pequenez – Carmélia Cândida

Sou pequena Mas meu coração é vasto Nele cabem muitos amores E um mar de sentimentos Tenho a sensibilidade De uma asa de borboleta Um olhar ora claro, ora turvo E um florir sempre em furta-cor Sou feita de matéria … Continuar lendo

Publicado em Pessoal, Poemas, Poemas de Carmélia Cândida, Textos de Carmélia Cândida | Marcado com , , | Deixe um comentário

Quereres – Carmélia Cândida

Eu quero mais poesia na minha vida Mais amanheceres suaves Mais dias de chuva mansa Quero momentos para ficar na lembrança Mais jardins e pores do sol Quero conviver mais com poetas Com pessoas que olhem nos olhos Que sejam … Continuar lendo

Publicado em literatura, Pessoal, Poemas, Poemas de Carmélia Cândida, Textos de Carmélia Cândida | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Poema Primavera

Esta galeria contém 1 foto.

Escrevi este poema quando trabalhava na E.M. Dom Bosco, dando aulas para o ensino fundamental. A ilustração foi feita anos depois, por uma aluna de outra escola (acho que para um mural), no distrito de Tavares, onde eu também trabalhava. … Continuar lendo

Galeria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Nosso Cristo

Nosso Cristo                                        Carmélia Cândida E lá está Ele! Para todos! Belo e majestoso A serra é a Sua casa Pintada de … Continuar lendo

Publicado em Pessoal, Poemas, Poemas de Carmélia Cândida, Textos de Carmélia Cândida | Marcado com , | Deixe um comentário

Quando entrar setembro

QUANDO ENTRAR SETEMBRO… Carmélia Cândida Será só mais um mês De mais um ano (de menos um ano) Metade (ou mais) da vida já se foi O que estará por vir? Nada demais, não espero muito Se eu me for … Continuar lendo

Publicado em Pessoal, Poemas, Poemas de Carmélia Cândida | Marcado com , , | 1 Comentário

Poema em homenagem a Pará de Minas

A Pará de Minas                                                                         … Continuar lendo

Publicado em Poemas, Poemas de Carmélia Cândida, Textos de Carmélia Cândida | Marcado com , , | Deixe um comentário